Quais os sintomas da gastrite?

Sintomas como perda de apetite, náuseas, ligeira expulsão de muco (sobretudo de manhã), sede excessiva, gosto amargo na boca, são características de quem sofre de gastrite. É muito comum após as refeições a pessoa sentir-se pesada, entorpecida, mal disposta, com dores de cabeça e excesso de fadiga. Em casos mais graves poderão ocorrer dores fortes no estômago.

O consumo de álcool e tabaco, as refeições tomadas à pressa e os alimentos engolidos sem mastigar, assim como os excessos de chá, café ou hidratos de carbono, o pão, os bolos e as compotas, são fatores agravantes. A ansiedade também agrava o problema.

A gastrite não é necessariamente um percursor de uma ulcera.

Quais os alimentos aconselhados e quais os alimentos que devemos evitar:

Deve evitar-se os condimentos irritantes, as frituras, as gorduras, os refrigerantes, o álcool, o café, o pepino, bolos, feijão, laranjas, cebola, vinagre e deixe de fumar.

Deve comer cenouras, couves, marmelos, funcho, figos, alface, maças e batatas.

As refeições devem acontecer em horários regulares, num ambiente tranquilo. Deve mastigar-se bem os alimentos para que o trabalho do estômago seja facilitado. Entre as refeições deve beber-se água.

Algumas dicas caseiras para a gastrite:

Sumo de melão: Durante quatro dias em uma semana, substitua o jantar por sumo de melão (puro e sem açúcar), triturar as sementes e misturar com água e mel. Beber três chávenas por dia.

Sumo de couve: Durante uma semana tomar sumo de couve em jejum.

Sessões de Geoterapia: Compressa de argila na região do ventre, com duração de duas horas.

Sessões de hidroterapia: Compressa quente sobre o estômago com chá de camomila (80 g para um litro de água)

Chá para a gastrite: Fazer chá de Espinheira Santa, coloque as folhas na água depois de fervida e abafe por dez minutos. Coe e beba duas chávenas antes das refeições.

Importante:

Nunca adicione açúcar nos chás para a gastrite, pois o açúcar pode piorar o problema.

copyright: http://www.dicascaseiras.com/