Arrumar o guarda-roupa é essencial para manter a sua casa organizada. É necessário guardar apenas o essencial para não ter tendência de acumular roupa e outros objetos que não são utilizados.

Em nossa casa vivem 6 pessoas e cada elemento tem apenas direito a uma parte do guarda-roupa. Por isso, não há grande margem para acumular. Tenta-se gerir bem o espaço e são várias as vezes ao ano que fazemos uma limpeza geral, removendo tudo aquilo que não é utilizado ou que se encontra estragado. Partilho aqui as 7 coisas a remover do seu guarda-roupa imediatamente:

1. Peças que não usa há mais de 1 ano

“Mas um dia eu ainda vou vestir isto!!!” Esqueça! Peças que não são utilizadas há mais de um ano devem ser removidas do seu closet, visto que só estão a ocupar espaço e não lhes dá uso. Pode sempre tentar vende-las ou doá-las para uma instituição.

2. Peças que comprou por impulso mas não se enquadram no seu estilo

A roupa deve refletir o seu estilo. Lá porque a peça estava em promoção, não quer dizer que lhe vá dar uso. Por isso, evite as compras por impulso e doe todas as peças que não se enquandram no seu estilo e no seu dia-a-dia.

3. Roupa que já não serve

“Mas eu ainda vou fazer a tal dieta paleolítica e vou conseguir vestir isso!” Esqueça! Aceite que dificilmente vai conseguir caber dentro daquelas calças que vestia há 20 anos atrás!!! A idade pesa, por isso, retire do seu guarda-roupa todas as peças que já não lhe servem!

4. Roupa rasgada ou sem conserto

Ups!!! Meias com buracos no dedão? Calças rasgadas na abertura das pernas? Não! Retire todas as peças rasgadas e que já não têm conserto. O valor do arranjo quase nunca se justifica.

5. Meias sem par ou roupa interior estragada

“Ah, mas essas não se vêem!!! Estão por dentro!” E se de repente precisa de ir ao médico ou fazer um RX? Não se vai sentir muito confortável com uma roupa interior estragada, pois não? Já para não falar de um possível encontro a dois!!!

6. Roupa que o faça sentir desconfortável

Sabe aquelas calças que teimam em descer e nem com um cinto ficam no lugar? Ou aquela linda camisola que está constantemente a subir até ao pescoço e que lhe deixa a barriga à mostra? Esqueça! Doe, porque é menos uma coisa que o incomoda no seu dia-a-dia! Já há tantas!!!

7. Acessórios que nunca utilizou ou que não gosta

Ofereceram-lhe uns brincos magníficos mas nunca os utilizou por serem demasiado grandes? Aquele colar que a sua cara metade lhe ofereceu é giríssimo mas no seu dia-a-dia não tem por hábito utilizar nada ao pescoço? Então pode começar por colocar todos os acessórios que não utiliza dentro de uma caixinha e pense em doar. É claro que se forem de muito valor, será melhor vendê-los online!!! Pelo menos não perde tudo!

Eliminar objetos desnecessários contribui para tornar o seu dia-a-dia ainda mais rentável e prático. Habitue-se a doar e não se esqueça que o seu lixo pode ser útil para alguém! 

copyright: https://dicasdecasa.pt/